Powered by CIM|RC

na cidade

Saiba quem vai atuar nas festas de fim de ano na Região de Coimbra

Coimbra, Figueira da Foz e Mira são os principais palcos das festas de réveillon. A entrada é gratuita em todos os espetáculos.
Coimbra entra no ano novo ao som de Tony Carreira.

A um mês da noite de fim de ano, já são conhecidos os principais nomes que irão dar as boas-vindas a 2024 nos maiores festejos da Região de Coimbra. Tony Carreira em Coimbra, Delfins na Figueira da Foz e Nuno Ribeiro em Mira são os nomes escolhidos pelas autarquias.

Em Coimbra, há a registar a mudança de local dos espetáculos marcados para a última noite do ano. Devido às obras em curso na Avenida Emídio Navarro, a autarquia decidiu instalar o palco principal no Largo D. Dinis onde, antes da meia-noite, vai atuar Matay. O artista vai trazer o calor das suas raízes africanas e outras influências como a soul e o gospel. Antes, às 21h30, os DJ Rui Tomé e Luís Pinheiro irão fazer o aquecimento da noite.

No final da atuação de Matay, tem lugar a contagem decrescente para a transição do ano, e, em simultâneo, é assinalada a chegada de 2024 na zona baixa da cidade com o lançamento do fogo de artifício a partir do rio Mondego. Depois, sobe ao palco, no Largo D. Dinis, o cantor Tony Carreira, que irá brindar o público com os seus maiores êxitos. O palco principal prossegue com os DJ performers De Vacaciones, que atuam até às cinco da manhã.

Na Praça da República, e para quem preferir outros géneros musicais, a animação fica a cargo do DJ Pedro Carrilho (a partir das 0h15), sendo que logo a seguir — quando os relógios marcarem 1h45 — a festa vai continuar com a atuação de Wilson Honrado. Patrick Assis inicia a sua atuação logo de seguida e ficará com a responsabilidade de levar a festa até às seis da manhã. Aliás, o palco da Praça da República é o último a encerrar.

A Revival Music, na Sé Velha, arranca às 0h15, para uma discoteca a céu aberto com uma playlist totalmente dedicada aos grandes e melhores êxitos dos anos 80 e 90. Será uma retrospetiva musical, cujo alinhamento privilegia os melhores temas de grandes artistas.

Delfins atuam na Figueira da Foz.

Na Figueira da Foz, os festejos da Passagem de Ano têm início a 30 de dezembro, pelas 22h30, com o concerto dos Calema, que vão trazer “música, sorriso, emoções, cultura e o sol santomenses” à Avenida 25 de Abril. Este ano, a iniciativa conta com o apoio da Rádio Comercial, a qual vai trazer nessa noite à Praia da Claridade a DJ Ana Isabel Arroja, uma das vozes mais conhecidas e simpáticas da rádio, que vem fazer o mais gosta: espalhar música.

No dia 31 de dezembro, a banda figueirense Rock N Riders começa a “aquecer” o público às 22h30. À meia-noite, o céu transforma-se num arco-íris brilhante, com o espetáculo de fogo de artifício e multimédia. 15 minutos depois entram em palco os Delfins, “para uma grande celebração tripla: ano novo de 2024, a marca dos 40 anos de canções e também evocar os 50 anos do 25 de Abril”. A partir das duas da manhã, a palavra de ordem na Figueira da Foz vai ser curtir ao som do DJ Vito.

Nuno Ribeiro atua na Praia de Mira.

Já no concelho de Mira, a autarquia preparou um programa que dura três dias na Praia de Mira. A principal novidade do programa do RFM Reveillon é a realização do Street Food Weekend e que servirá de complemento à restauração local.

Na sexta-feira, 29 de dezembro, a banda “Tangerina Não é Clementina” sobe ao palco situado junto à Praia de Mira. No sábado, 30 de dezembro, será a vez dos “Top Som”.

A noite de passagem de ano, no domingo, dia 3 de dezembro, começa da melhor forma, com a atuação da “Rafeiros Band”, a partir das 22h30, seguida de um espetáculo piromusical que marcará a entrada no Ano Novo, à meia-noite, no areal.

Segue-se o cabeça de cartaz Nuno Ribeiro, a partir das 0h30, e o DJ da RFM Pedro Simões para aquecer os mais resistentes pela noite dentro. Todos os espetáculos têm entrada gratuita.

Este artigo foi escrito em parceria com a Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra.

MAIS HISTÓRIAS DE COIMBRA

AGENDA