Powered by CIM|RC

na cidade

Os 19 grandes momentos que marcaram o ano de 2022 na Região de Coimbra

Do Natal às mostras gastronómicas, a New in Coimbra fez um balanço das principais festividades do pós-pandemia.
Tony Carreira é a grande atração da Expofacic.

O ano de 2022 ficou marcado pelo desconfinamento e pela normalização gradual do funcionamento do País. Em balanço de maneira, o New in Coimbra relembra alguns momentos marcantes do último ano na Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra que, após a pandemia provocada pela Covid-19, acabou por ter uma importância ainda maior na vida social e económica do território.

Foram os vários acontecimentos nos 19 concelhos, de onde se destacam a grande festa de Passagem de Ano em Coimbra, o regresso da Expofacic em Cantanhede, o mundial de rallys, o regresso do Castelo Mágico a Montemor-o-Velho e do Carnaval a Buarcos .

Arganil

A 22 de novembro de 2022 foi inaugurada a requalificação do Largo Cónego Manuel Fernandes Nogueira e a reabilitação do edifício do Posto de Turismo do Piodão. O presidente da Câmara Municipal de Arganil, Luís Paulo Costa, garante que “a porta de entrada” e “sala de visitas” são mais cómodas e funcionais para receber visitantes da aldeia presépio.

Cantanhede

A Expofacic, realizada entre 28 de julho e 7 de agosto de 2022, regressou após dois anos de interregno para bater recordes. A edição de 2022 foi considerada por Idalécio Oliveira, presidente do Conselho de Administração da INOVA-EM, “a melhor de sempre”, tendo registado mais de 400 mil visitantes ao longo de 11 dias. 

O certame contou com a atuação de vários artistas nacionais e internacionais como Tony Carreira, José Cid, Carlão, Xutos & Pontapés, Gipsy Kings, MC Pedrinho, entre muitos outros.

Gipsy Kings by Tonino Baliardo no fim de ano em Coimbra.

Coimbra

Coimbra deu as boas-vindas a 2023 com um grandioso espetáculo de fogo artifício, luzes e pirotecnia, que levaram ao rubro milhares de pessoas que saíram à rua para celebrar a Passagem do Ano. Ainda antes da meia-noite, a festa contou com atuações musicais de Kiss Kiss Bang Bang e dos Perfume, que iniciaram nessa noite a sua tournée nacional.

Depois de 15 minutos de fogo de artifício para celebrar a chegada de 2023, surgiram os primeiros acordes musicais do ano, com o concerto dos Gipsy Kings num palco instalado no Largo da Portagem.

Condeixa-a-Nova

“Condeixa — O vislumbre de um Império”, é considerado o maior evento nacional dedicado à época romana. Este foi o regresso da celebração às Ruínas de Conímbriga (a última edição tinha sido em 2019).

O grande destaque da sétima edição do festival foi o espetáculo de encerramento, protagonizado pelos espanhóis Legend Especialistas, que apresentaram “Circus Maximus a soldo de Marco Lucero  Flavino”. Esta é uma alusão à maior arena de entretenimento de Roma, utilizada originalmente para corridas de bigas e espetáculos gladiatoriais, além de outros jogos faustosos para gáudio do público.

Figueira-da-Foz 

O cortejo de Carnaval voltou às Ruas de Buarcos, Figueira-da-Foz, sob o tema “em defesa das artes”. Com nove carros alegóricos, cerca de um milhar de figurantes (incluindo uma das três escolas de samba da cidade), desfilaram perante cerca de 7000 pessoas que visitaram a Avenida do Brasil.

A festa apelou à defesa da música filarmónica, da folia musical, da pintura plástica e da cultura, aliado ao já mencionado samba. Os reis desta edição foram Helena Ferreira e Carlos Simpatia, uma escolha que retomou a aposta na prata da casa, que o presidente da Câmara local, Pedro Santana Lopes, garantiu ser para continuar em anos posteriores.

Góis

A Feira dos Santos, Mel e da Castanha regressou a Góis no último fim de semana de outubro para manter a tradição, no entanto, surgiu com um novo formato, tendo centrando a maioria das iniciativas no Pavilhão Gimnodesportivo Municipal, na sua área envolvente e, também, no Parque do Cerejal, junto ao ex-líbris natural de Góis, o Rio Ceira.

O mel e a castanha foram duas das grandes atrações da feira, que também contou com muita música, artesanato, tradição, etnografia e gastronomia (com programas de cozinha, animações de grupo, atividades infantis, desporto, entre outros).

Castanhas assadas
A castanha é uma das embaixadoras da Lousã.

Lousã

A Feira do Mel e da Castanha realizou-se entre 18 e 20 de novembro de 2022, no recinto da Feira (que englobou o Parque Municipal de Exposições e duas tendas anexas). Esteve sempre repleta de visitantes de norte a sul do País que procuravam o mel da Serra da Lousã, a castanha, a gastronomia local e a animação garantida por um programa que abrangia todas as idades.

O presidente da Câmara Municipal da Lousã, Luís Antunes, congratulou-se pelo regresso do evento, com uma presença massiva de público, considerando que todos os objetivos propostos foram cumpridos nesta edição.

Mealhada

O Bussaco Classical Fest, festival de canto lírico, foi realizado pela primeira vez nos dias 29 e 30 de julho de 2022 e contou com algumas das mais conceituadas vozes de canto lírico, fruto de uma parceria entre a Orquestra Clássica do Centro e a Fundação Teatro Goldoni, de Livorno (Itália). O programa apresentado foi uma espécie de antestreia do Festival de Mascagni, realizado naquela cidade no mês seguinte.

Este foi um espetáculo pensado para preencher um vazio cultural nesta área e procurou não só “promover a música, mas também valorizar o município, o Luso, a região e o Bussaco enquanto entidade simbólica e turística”.

Mira

A motonáutica regressou à barrinha da Praia de Mira 38 anos depois das últimas provas realizadas na vila. O Grande Prémio de Motonáutica incluiu o Campeonato Nacional de Aquabike (JetSki e motas de água) e a Taça de Portugal de Barcos T850, competições da Federação Portuguesa Motonáutica (FPM).

De acordo com o presidente da Câmara Municipal de Mira, Raúl Almeida, a realização deste grande prémio foi o “reflexo de um trabalho de vários anos” que tinha como grande objetivo trazer ao concelho um evento diferenciador nos desportos náuticos.

Miranda do Corvo

No dia 10 de agosto, a quinta etapa da Volta a Portugal em bicicleta, que ligou a Mealhada a Miranda do Corvo, terminou no Observatório de Vila Nova. Francisco Figueiredo foi o vencedor da etapa, tendo considerado a subida de Miranda do Corvo como uma das etapas mais duras da prova. O ciclista português afirmou também que este segmento era um dos mais espetaculares de toda a prova.

Os miúdos são os maiores fãs do Castelo Mágico.

Montemor-o-Velho

A 5.ª edição do Castelo Mágico contou com mais dias, horários alargados e uma forte aposta na tecnologia, que transportou os mais corajosos para outra dimensão numa zona dedicada à realidade virtual. O evento contou com uma pista de gelo artificial, insufláveis, slide, ice tubing, passeio equestre, carrossel parisiense e, claro, árvore de Natal e casa do Pai Natal, entre outras que proporcionaram incríveis momentos de animação aos milhares de visitantes.

A grande novidade foi a adição de dois palcos que transportaram os sabores de arroz doce, doces de Natal, biscoitos, licores e artesanato até à vila.

Mortágua

Em 2022 Mortágua recebeu várias provas desportivas, mas o destaque vai para a etapa do Rally de Portugal, integrada no WRC ( Campeonato do Mundo de Rally). Participaram nas provas lendas do ralis como Sébastien Ogier (campeão mundial em cinco ocasiões) ou Elfyn Evans (vencedor do Rally de Portugal em 2019). O finlandês Kalle Rovanpera, que se viria a sagrar campeão mundial pouco depois, venceu a etapa portuguesa.

Oliveira do Hospital

O Parque dos Marmelos foi alvo de requalificação, com o grande objetivo de melhorar as suas condições de utilização, através da criação de infraestruturas que passaram a estar ao dispor do público. Esta obra abrangeu cerca de 2,5 hectares e procurou valorizar e recuperar um espaço de grande qualidade ambiental e paisagística, tornando-o mais atrativo e com melhores condições de uso para os cidadãos.

Esta empreitada teve um custo de cerca de 800 mil euros, tendo renovado uma construção já existente no local para servir de edifício multiusos, assim como espaços vocacionados para atividades ao ar livre e percursos pedonais pelo parque.

Pampilhosa da Serra

O Natal Serrano reflete valores associados à quadra natalícia, nomeadamente o da “família reunida à volta da fogueira”. As festividades incluíram três áreas interligadas, uma para o festival da filhó espichada, outra para o artesanato e Eira da Brincadeira e outra para espetáculos musicais e gastronomia.

No Natal Serrano valoriza-se “o que é nosso e os valores essenciais, os valores puros serranos genuinamente familiares”, considerou o presidente da Câmara Jorge Custódio.

Penacova

A Mostra de doçaria conventual e bienal de música no Mosteiro do Lorvão foi pensada para valorizar o monumento nacional com um espólio riquíssimo. A Bienal Internacional de música decorreu durante todo o mês de outubro e teve como um dos principais protagonistas os órgãos de tubos de dupla face daquele monumento, que estão instalados a meio do corpo arquitetónico da igreja.

Por seu turno, a Mostra Nacional de Doçaria Conventual de Lorvão (15 e 16 de outubro) juntou duas dezenas de doceiros de norte a sul do País e apresentou doces conventuais tradicionais das várias regiões.

Augusto Canário “fez a festa” em Penela.

Penela 

O regresso das festas de S. Miguel a Penela ficou marcado por uma aposta muito forte do município.  O certame contou com uma oferta musical com artistas de renome nacional, tais como Tony Carreira, Bárbara Bandeira e Augusto Canário.

Além da oferta musical, as festas de S. Miguel contaram com expositores, tasquinhas, produtos endógenos, oferta cultural e desportiva, fogo de artifício e muita animação para celebrar as tradições deste concelho do distrito de Coimbra.

Soure

O Festival Municipal da Juventude regressou a Soure, após interrupção da sua realização devido à pandemia. Música, desporto, acampamento e ambiente foram os ingredientes de mais uma edição do Pangeia.

Com palco no Parque de Bacelos, o Pangeia procurou refletir a política de responsabilidade ambiental do concelho, que se comprometeu com metas objetivas para reduzir resíduos, assim como em sensibilizar os seus habitantes para a importância destes cuidados.

Tábua

Em abril de 2022 foi inaugurado o espaço CULTIVA — Criatividade, União, Laboratório, Tábua, Ideias, Valores e Artes, com o objetivo de ser uma plataforma de suporte ao desenvolvimento económico.

Um dos grandes objetivos do projeto é apoiar a criação de novas startups ligadas ao conhecimento, à criatividade e à inovação. Esta é uma estrutura de um espaço cowork, que procura fomentar o teletrabalho e atrair nómadas digitais, cuja procura teve um aumento significativo durante a pandemia.

Vila Nova de Poiares

O Município de Vila Nova de Poiares inaugurou o Centro Cycling, que consiste num conjunto de seis percursos BTT que permite usufruir de mais de 230 quilómetros cicláveis. Situa-se junto ao Complexo Desportivo, que integra uma estação de bicicletas e ponto de carregamento de bicicletas elétricas.

Além deste investimento, anunciado no início do mês de dezembro de 2022, continua em execução um plano de investimento de cerca de 1 milhão de euros, representando um total de oito troços de ciclovias, com uma extensão de cinco quilómetros e com um prazo de execução de 270 dias a partir dos dados.

Este artigo foi escrito em parceria com a Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra.

MAIS HISTÓRIAS DE COIMBRA

AGENDA