Powered by CIM|RC

na cidade

Este alojamento está escondido no meio da “Suíça em Portugal”

Fica a apenas uma hora de Coimbra e é o destino ideal para famílias — ou para passar apenas uma noite romântica repleta de natureza.
As aldeias mais antigas de Portugal.

No centro de Portugal, existem pequenas aldeias com casas feitas de pedra que são simplesmente conhecidas por Aldeias de Xisto. Estão espalhadas por 16 concelhos, entre Castelo Branco e Coimbra, e são bastante fáceis de reconhecer. A arquitetura é tradicional, com casas que foram construídas em cima de rochas pesadas. Apesar de a maioria destas aldeias já estar abandonada, são um verdadeiro paraíso natural para todos os turistas que querem conhecer melhor a região.

Margarida Piedade e o marido, Gabriel Piedade, residentes em Coimbra, são um exemplo disso. O casal de 54 anos decidiu assumir o negócio de família, que atualmente já chegou à terceira geração, de gerir um alojamento nesta zona do País.

“A história começou quando os meus pais decidiram começar a explorar a região, em 1993. Ainda me lembro que estávamos num piquenique de família quando um vizinho passou e aconselhou-nos visitar a Pena. E como costumo dizer: foi amor à primeira vista”, explica Gabriel. 

A Aldeia de Pena é considerada por muitos a “Suíça em Portugal”, pela região montanhosa e os segredos que esconde. A casa da Cerejinha foi a primeira a ser construída, pelos avós maternos de Gabriel, com o intuito de ser utilizada pela família. Durante três anos, este era o destino de férias, até ter sido transformado em turismo rural, em 1998.

“Era um conceito muito diferente naquela altura, eram casas arrendadas em exclusividade e como eram poucas no País, tivemos um arranque em grande”, salienta Gabriel. 

Este alojamento tem a capacidade de receber até cinco hóspedes, por isso é perfeita para férias com amigos ou família. Possui três quartos com aquecimento, duas camas de casal e uma de solteiro. Tem ainda uma sala de estar e uma kitchenette equipada, para preparar as refeições sem grandes problemas. Se estiver demasiado frio, pode sempre acender a lareira tradicional da Serra de Lousã.

Após oito anos de vida da casa da Cerejinha, surgiu o projeto das Aldeias de Xisto. “Foi esse programa que permitiu a reconstrução de outra habitação que estava em ruínas”. Nasceu assim a Casa do Neveiro, em homenagem aos profissionais que transportavam a neve de Pena para Lisboa, há vários séculos.

Este é um alojamento ligeiramente diferente, ideal para uma noite romântica em casal. Está enquadrado na natureza, assente em penedos de dimensões consideráveis. A casa está dividida em dois andares: o rés-do-chão tem um quarto, uma casa de banho e uma despensa. Já no primeiro andar, pode encontrar a lareira fechada e uma kitchenette completamente equipada. 

Além da casa, um dos pontos fortes deste destino são mesmo as redondezas. Ambas os alojamentos ficam apenas a uma hora do centro histórico de Coimbra. Por isso, acabam por ser a opção perfeita para quem quer fugir da agitação da capital de distrito e rodear-se da melhor natureza de Portugal.

A menos de 50 metros irá encontrar um jardim e imensos locais secretos que Margarida e Gabriel fazem questão de mostrar aos hóspedes. Ali por perto existem ainda percursos pedestres, praias fluviais — a menos de 20 de minutos a pé — e ainda lagoas e cascatas quase “exclusivas”. Tudo isto, sem sair da Aldeia de Pena. 

Pode reservar a sua estadia na Cerejinha ou no Neveiro através da plataforma online. O valor depende da altura do ano e da antecedência com que fizer a reserva. No entanto, o valor em ambas as casas, fica entre 70€ e 150€ por noite. 

Carregue na galeria para conhecer as instalações que o esperam na Aldeia da Pena.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua da Cerejinha
    3330-204 Góis
ESTILO
turismo rural
PREÇO MÉDIO
Entre 50€ e 100€
AMBIENTE
rural

MAIS HISTÓRIAS DE COIMBRA

AGENDA