na cidade

Está a chegar a altura em que os mais novos brincam aos comerciantes em Coimbra

Miúdos aprendem sobre economia circular e compra responsável. Casa Municipal da Cultura abriga programa em caso de mau tempo.
Evento teve origem em 2011.

O primeiro mercado da Casa da Esquina em que se pôs em prática o sistema da economia circular está de volta à cidade. Dia 23 de setembro, domingo, o Jardim da Sereia vai ser um espaço de partilha e aprendizagem para os mais pequenos.

O Mercado de Trocas para Crianças e Jovens estende-se das 10 às 13 horas e todos os participantes têm que trazer alguma coisa para trocar — um brinquedo, um livro ou um jogo são alguns exemplos. Todos os objetos para troca têm de estar em bom estado.

Os miúdos começam a sua atividade comercial com 10 jardins, a moeda do Mercado, e vão trocando os produtos que têm pelos que desejam, numa lógica de solidariedade para com os outros mini-comerciantes. A participação está sujeita a inscrição, que deve ser feita online.

O objetivo desta atividade é que os jovens reflitam sobre consumo sustentável e que os objetos de troca não se estraguem tão facilmente. Se as condições meteorológicas não se revelarem favoráveis, o evento passa a ter lugar na Sala Polivalente da Casa Municipal da Cultura.

A primeira edição do programa foi em 2011. O Mercado de Trocas para Crianças e Jovens é um programa desenvolvido pela Casa da Esquina, em parceria com o ECOSOL — Grupo de Estudos sobre Economia Solidária do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra.

MAIS HISTÓRIAS DE COIMBRA

AGENDA