na cidade

As flores e os tapetes floridos vão invadir a Baixa de Coimbra

O evento está marcado para o dia 18 de maio. A entrada é livre e o recinto contará com dezenas de expositores.
Assinala o Dia Internacional do Fascínio das Plantas.

Este sábado, 18 de maio, Coimbra vai voltar a vestir-se das mais diversas cores e aromas. A culpa é da Festa da Flor e da Planta, que recupera a tradição de celebrar a natureza e a biodiversidade da região.

A iniciativa decorre entre as 10 horas e as 18h30, em quatro locais distintos: Praça 8 de Maio, o Largo do Poço, a Praça do Comércio e as Escadas do Gato. O dia não foi escolhido ao acaso, já que é nesta que se assinala o Dia Internacional do Fascínio das Plantas que, à semelhança deste evento, promove a biodiversidade e a singularidade de casa ecossistema. 

Após um ano de pausa, a programação cultural regressa em força. A lista inclui a tradicional exposição de flores, plantas e ainda de tapetes floridos, na Baixa da cidade. Além disso, a animação e a música ficarão a cargo de associações folclóricas de Coimbra e pode ainda provar o melhor que a região tem a oferecer nas bancas gastronómicas e de doçaria conventual. 

O evento vai reunir centenas de expositores, entre viveiristas, floristas, associações culturais, recreativas e folclóricas. Vão estar ainda disponíveis algumas atividades de promoção do domínio do património verde, em Coimbra.

Todos os visitantes poderão observar a mostra de tapetes florais “verdadeiramente únicos”, explica a organização. A decoração terá apontamentos alusivos à celebração dos 50 anos da Revolução dos Cravos. O destaque da programação é, sem dúvida, a recriação das mais antigas tradições da cidade, que estarão a cargo das coletividades locais. 

O cartaz.

MAIS HISTÓRIAS DE COIMBRA

AGENDA