cultura

Ópera de Verdi inaugura Festival “Musas” em Condeixa-a-Nova

Espetáculos decorrem até 23 de setembro em dois palcos: Museu PO.RO.S e as Ruínas de Conímbriga. Entrada é gratuita.
Festival arranca dia 9 de setembro.

A 4.ª edição do “Musas — Festival das Artes de Conímbriga” tem início a 9 de setembro no Museu PO.RO.S em Condeixa-a-Nova. O concerto de abertura, que decorre a partir das 21 horas, está a cargo da Orquestra Clássica do Centro que irá apresentar “Ópera em Concerto Seleção — La Traviata”, de Giuseppe Verdi, com libreto de Francesco Maria Piave, baseada no romance “A Dama das Camélias” de Alexandre Dumas Filho. Em palco vão estar Enrico Marabelli (barítono), Mauro Secci (tenor) e Melissa Purnell (soprano) sob a batuta do maestro Sérgio Alapont.

Promovido pelo Município de Condeixa-a-Nova e pela Orquestra Clássica do Centro (OCC), com a colaboração do Museu Monográfico de Conímbriga e do Museu PO.RO.S, o festival conta na sua programação com concertos, percursos históricos, cafés-concerto e gastronomia.

“De ano para ano este festival tem vindo a afirmar-se na região com uma programação cada vez mais rica e de qualidade, cruzando os patrimónios musical, arquitetónico e histórico, num ambiente único que confere mais um excelente pretexto para vir conhecer Condeixa e comprovar que aqui a cultura e o património são matéria viva”, afirma o presidente da Câmara Nuno Moita.

No dia 10 de setembro, a programação conta com visitas orientadas às Ruínas de Conímbriga “À descoberta do Vale Norte” (10 horas) e “Histórias da Guiné para crianças” (às 17h30, também em Conímbriga). 

Para dia 13 de setembro, no Museu PO.RO.S, está agendado (21 horas) um “Concerto comentado” dedicado a Natália Correia, no 100.º aniversário do seu nascimento, apresentado pelo Ensemble da Orquestra Clássica do Centro e com a participação do ator Diogo Carvalho.

No âmbito da programação do 4.º Festival Musas está ainda agendado para 16 de setembro, às 21 horas, no Museu PO.RO.S, o espetáculo de voz, flauta e guitarra intitulado “Muralhas Trio Sons Portucalenses”, com textos do filósofo e ensaísta Eduardo Lourenço, a propósito do centenário do seu nascimento, com a participação do ator Diogo Carvalho.

“Histórias para as crianças – amores por emparelhar” é a iniciativa prevista para o dia 17 de setembro, às 17h30, no Museu PO.RO.S com o Ensemble da Orquestra Clássica do Centro e a participação de Maria Beatriz Nogueira.

A conferência “As escavações na zona norte da Casa dos Repuxos” decorre no Museu de Conímbriga, a 20 de setembro pelas 18 horas. Nesta iniciativa será feito o balanço de três anos de campanhas arqueológicas por Ricardo Costeira da Silva, José Ruivo e Vitor Dias.

O Musas encerra a 23 de setembro, no emblemático cenário das Ruínas de Conímbriga, com um concerto dedicado “A Maria Callas” (21 horas), por ocasião do centésimo aniversário do seu nascimento. Considerada por muitos como a maior soprano da história, Maria Callas foi chamada também de La Divina. Neste concerto, a Orquestra Clássica do Centro apresentará algumas das obras que a cantora interpretou na sua carreira pela voz da soprano Sofia Marafona. Dirigido pelo maestro Michael Cousteau, este concerto contará ainda com a participação dos atores Patrícia Ferreira e Diogo Carvalho.

A entrada é gratuita em todos estes eventos, devendo a reserva de ingressos ser feita através do site da Orquestra Clássica do Centro.

MAIS HISTÓRIAS DE COIMBRA

AGENDA