Powered by CIM|RC

cultura

O tema que Carminho interpreta no novo filme de Emma Stone já chegou ao streaming

Para cantar em "Pobres Criaturas", a fadista teve de aprender a tocar guitarra portuguesa em apenas uma semana.
O filme estreia em janeiro.

Como Portugal inteiro por esta altura bem sabe, Carminho vai aparecer em “Pobres Criaturas”, o novo filme realizado pelo grego Yorgos Lanthimos e protagonizado por Emma Stone. No projeto, a portuguesa interpreta o tema “O Quarto (Fado Menor)”. A canção chegou esta sexta-feira, 15 de dezembro, às plataformas musicais Spotify e Apple Music.

Na produção, que será lançada a 25 de janeiro, Carminho, de 39 anos, encontra Bella Baxter, a personagem de Stone, e apresenta este tema na guitarra portuguesa. A longa-metragem recebeu sete indicações aos Globos de Ouro 2024 (que decorrerão a 7 de janeiro), incluindo Melhor Filme e Melhor Trilha Sonora. No Festival de Veneza também levou o Leão de Ouro.

“O Yorgos convidou-me para participar no filme a cantar fado. Eu disse que achava a presença da guitarra portuguesa importante para enfatizar a linguagem do estilo musical. Então ele desafiou-me a ser eu a tocar a guitarra portuguesa”, recorda a artista.

E completa: “Pedi uma semana para responder, sem lhe contar que nunca tinha tocado guitarra portuguesa na vida. Pedi a um dos meus músicos que me ajudasse, ensaiei a semana inteira no meu quarto e respondi que seria eu, sim”.

Sobre a escolha desta canção em específico, Carminho afirma que Yorgos, de 50 anos, pediu que ela enviasse sugestões. Uma delas foi o “’Fado Menor’, que é um fado muito antigo, algo primário e umbilical da cultura do estilo. Não tem autor, só tem dois acordes e não possui uma melodia própria, que é criada pelo fadista ao interpretar o texto, o poema”, explica.

“Dos textos, ele escolheu ‘O Quarto’ por ter uma temática algo bizarra, sobre uma pessoa que se sente aprisionada, sozinha, inspirando alguns momentos da personagem principal, mas também por ser de hoje, escrito por mim, desta geração. Tem uma transversalidade temporal que conversa com o próprio filme, que utiliza várias referências, de várias épocas”, conclui.

A história acompanha Bella Baxter, uma jovem trazida de volta à vida pelo brilhante e pouco ortodoxo cientista Godwin Baxter. O doutor, encarnado por Willem Dafoe, mantém-na sob a sua guarda, mas esta foge com Duncan Wedderburn (Mark Ruffalo), um advogado astuto e pervertido, numa aventura turbulenta pelos continentes.

“Livre dos preconceitos da sua época, Bella cresce firme no seu propósito de defender a igualdade e a libertação”, lê-se na sinopse.

O elenco conta ainda com Ramy Youssef, Christopher Abbott, Hanna Schygulla, Kathryn Hunter e Margaret Qualley. “Pobres Criaturas” é baseado no livro do mesmo nome escrito pelo escocês Alasdair Gray em 1992.

Carminho esteve presente na festa de apresentação do filme. Leia o artigo da NiT e descubra como foi essa experiência para a artista portuguesa.

MAIS HISTÓRIAS DE COIMBRA

AGENDA