cultura

Festival Metamorfose regressa a Soure à procura dos próximos talentos nacionais

As inscrições estão abertas até 9 de julho e o evento promete "ser uma rampa de lançamento para jovens músicos e cantores".
Para os novos artistas.

É oficial: já abriram as candidaturas para a quarta edição do Festival Metamorfose. Até ao próximo dia 9 de julho, todos os jovens que sonham em alcançar o seu espaço no mundo da música têm a oportunidade de mostrar o que valem. 

O festival promete “ser uma rampa de lançamento para jovens músicos e cantores”, sublinha Teresa Pedrosa, vice-presidente de Soure. Após três edições centradas em projetos em grupo ou bandas, este ano, o evento destina-se também aos artistas a solo.

O evento nasceu em 2021 com o objetivo de dar palco a novos talentos. Depois da pandemia, o concurso nacional de música foi aberto a projetos a solo ou em grupo, com composições originais e ainda atuações ao vivo dos finalistas. Ao todo, a iniciativa já deu origem a 23 projetos musicais por todo o País.

O painel de jurados é composto por quatro elementos: cantores e ex-participantes do programa “The Voice Portugal”. Maria Inês Graça e Guilherme Baptista como professores e João Paulo Castanheira e Micael Lopes como músicos. O evento é organizado pela Câmara Municipal de Soure, em parceria com a Academia de Música de Coimbra.

As inscrições estão abertas desde o dia 18 de junho até 9 de julho. Ao todo, serão selecionados oito candidatos, que irão atuar em direto entre 26 a 29 de agosto e de 29 de agosto a 1 de setembro. Os seis mais votados seguem para a próxima fase, com uma atuação ao vivo em Soure a 14 de setembro. A grande final decorre no dia 20 de setembro com os últimos quatro concorrentes. O primeiro lugar ganha um prémio de 1000€, o segundo 500€, o terceiro 300€ e, por fim, o quarto lugar 200€. 

MAIS HISTÓRIAS DE COIMBRA

AGENDA