Powered by CIM|RC

cultura

Coimbra em Blues está de regresso à cidade e vem cheio de surpresas

Festival decorre no Teatro Académico de Gil Vicente a 9 e 10 de dezembro e vai juntar guitarra portuguesa e guitarra elétrica.
A banda britânica The Animals vai atuar.

O Coimbra em Blues está de volta a 9 e 10 de dezembro e vai contar com quatro artistas, dois nacionais e dois internacionais, nas duas noites em que toma conta do palco do Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV). Um concerto dos britânicos The Animals, com o baterista da formação original, e um espetáculo que procura juntar fado e blues são algumas das surpresas. 

O festival começa na sexta-feira, dia 9, às 21h30, com a atuação de Archie Lee Hooker, sobrinho de uma das maiores referências do blues norte-americano dos anos 50 e 60, John Lee Hooker. Na mesma noite, o projeto “De B.B. King a Carlos Paredes” vai procurar pôr em diálogo o fado e o blues, como se os dois músicos se juntassem numa improvável e improvisada jam session. O desafio foi lançado por Adalberto Ribeiro e vai contar com os guitarristas Budda Guedes, Peixe e Guilherme Catela, num concerto exclusivo do Coimbra em Blues.

A segunda noite começa com o blues made in Portugal dos Peter Storm& the Blues Society, terminando com os lendários The Animals, autores de temas intemporais como a releitura de “The House of the Rising Sun” ou “I Put A Spell On You” ou os originais, como “Baby Let Me Take You Home”, “I’m Crying” ou “We Gotta Get Out of This Place”, entre tantos outros. A banda chega a Coimbra com o baterista original, John Steel, atualmente com 81 anos, assim como com Mick Gallagher, que se juntou aos The Animals em 1965, tendo também integrado o grupo de rock The Blockheads e participado em alguns dos The Clash.

O Coimbra em Blues é um evento coproduzido pela promotora Trovas Soltas e pelo TAGV. Os bilhetes custam 18€ para cada um dos dias e 29€ o passe para os dois e estão à venda online

MAIS HISTÓRIAS DE COIMBRA

AGENDA