cultura

A nova exposição que promete uma “viagem emocionante até ao passado” do 25 de Abril

A mostra aborda o processo de democratização do País, através de novas histórias. A entrada é gratuita.
Começa no próximo mês.

Apesar de este ano se assinalar o 50.º aniversário da Revolução dos Cravos, que devolveu a liberdade aos portugueses, este é um tema que continua bastante atual. A prova disso são os diversos programas de atividades que têm surgido por todo o País e Coimbra não é exceção.

Esse é um período de grande importância e relevância nacional, mas existem muitas histórias pouco conhecidas. Pois bem, a nova exposição “50 Vezes Abril: Ainda há História para Contar?” pretende esclarecer, de forma imersiva, todas estas questões. A mostra estará patente no Centro de Estudos Superiores da Universidade de Coimbra, de 2 de março até 30 de junho.

“Num discurso pensado para crianças e jovens, esta exposição procura, assim, proporcionar uma viagem pela descoberta e pela aventura de procurar referências menos evidentes, mas que assumem também importância no desenrolar do processo de democratização do País”, pode ler-se na sinopse.

Com a ajuda de 50 objetivos, a exposição circular dá a conhecer o processo de transição da ditadura até ao regime democrático, através de uma abordagem pedagógica. Ainda que todos estejam convidados, a iniciativa foi especialmente projetada para jovens entre os seis e os 16 anos.

Além desta exposição, serão produzidos materiais pedagógicos integrados nas Aprendizagens Essenciais e organizados workshops para professores sobre diálogos intergeracionais. A entrada é livre. 

MAIS HISTÓRIAS DE COIMBRA

AGENDA