compras

A nova marca de swimwear que valoriza corpos volumosos em modelos arrojados

Beatriz Dinis é a jovem conimbricense responsável pelo projeto que vende peças únicas e exclusivas.
Para ficar sempre confiante em biquíni.

A moda sempre foi uma paixão muito presente na vida de Beatriz Dinis. Quando era pequena, gostava de escolher a própria roupa, calçar saltos altos e usar a maquilhagem da mãe. Aos 12 anos, começou a trabalhar como modelo fotográfica e chegou a representar Portugal em concursos de misses. Agora, aos 26 anos, criou a própria marca de biquínis. 

“Sempre fui muito particular nas escolhas das roupas que gostava de vestir e nunca encontrava o que pretendia nas lojas. Sempre que procurava vestidos para os concursos, nunca gostava de nada a 100 por cento”, começa por explicar. Por isso, começou a desenhar as próprias peças. Entretanto, colocou este hobby de parte e terminou a licenciatura em Marketing Digital na Universidade de Coimbra, tornando-se influenciadora digital.

“Assim que comecei a partilhar com as seguidoras a minha dificuldade em encontrar roupa certa, apercebi-me que não era a única e isso despoletou este sonho antigo”, explica. Uma das áreas que considera mais problemática é, sem dúvida, a swimwear, por não encontrar propostas que assentem em corpos volumosos e com curvas. “A ideia era começar com biquínis e ir crescendo a partir daqui”, reforça. A marca de swimwear Beatriz Dinis nasceu a 1 de maio. 

Todas as peças são desenhadas pela jovem e os materiais usados são nacionais. “Queria a maior autenticidade portuguesa possível, porque sinto que há um grande potencial na produção portuguesa e é preciso valorizar” explica. A coleção representa o culminar de todos estes fatores, juntamente com o seu gosto por modelos mais arrojados, modernos e que favorecem peitos maiores. 

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por Beatriz Dinis Brand (@beatrizdinis_brand)

A fundadora da marca acompanha todo o processo de produção, em conjunto com a fábrica Ilustre Sereia, na Figueira da Foz. Começa por criar as peças que pretende e passa para a produção. “Vou sempre ver os protótipos, experimentar todas as peças e conhecer o material. Esse processo é fundamental”, salienta. Nesse sentido, cada peça demora cerca de dois meses a ser concluída. 

O objetivo é ter sempre coleções limitadas e exclusivas, por exemplo, a primeira coleção tinha apenas 400 peças. “A ideia é ter sempre biquínis novos todos os anos e ir lançando algumas peças dispersas entre coleções até ao final do verão”. Já estão a planear a nova coleção para o próximo ano que pretende lançar entre fevereiro e março.

Todas as peças são inspiradas nas suas viagens e em Portugal, daí que a sessão fotográfica tenha sido realizada na praia da Comporta. Para dar a conhecer a nova marca, decidiu aceitar o convite de Sara Cristo para participar no Coimbra Hype Market e abordar novas pessoas. “Foi o primeiro de muitos”, acrescenta. 

Até agora, todos os biquínis são vendidos em conjuntos, ou seja, se comprar uma parte de baixo S, a parte de cima terá o mesmo tamanho. No entanto, esse detalhe será afinado para que seja possível comprar dois tamanhos distintos. Além disso, a tabela de tamanhos não é tradicional e há modelos desde o XS e ao L. No entanto, vestem um corpo mais volumoso, não sendo uma tabela criada para meninas mais esguias. A próxima aposta está na maior representatividade de tipos de corpos, para que todas as mulheres consigam ver como a peça lhe irá ficar.

Aproveite a promoção até ao final do verão e carregue na galeria para conhecer os biquínis e fatos da banho da nova marca Beatriz Dinis. 

MAIS HISTÓRIAS DE COIMBRA

AGENDA