Powered by CIM|RC

comida

Os ovos de Páscoa para comer à colher que prometem arruinar qualquer dieta

A Helena Prata tem várias opções disponíveis para alegrar o próximo feriado. Há brigadeiros, folar e muito chocolate.
Ninguém consegue resistir.

Já faltam poucos dias para a Páscoa, altura em que as mesas dos portugueses se voltam a encher de gordices irresistíveis, desde amêndoas de chocolate, folares de Páscoa, tanto doces como salgados, tortas e bolos variados. Nesta lista, é claro que não podem faltar os deliciosos ovos recheados, distribuídos pelo coelho da Páscoa aos miúdos.

Apesar de o coelho não pôr ovos, a explicação para o facto de este ser o protagonista desta época é bastante simples: é o primeiro animal a ser avistado depois do inverno e o responsável pelas caças aos ovos de chocolate em todas as festas. Se procura ovos de comer à colher de última hora, temos mais uma sugestão para si: a confeiteira Helena Prata.

Helena sempre gostou de fazer bolos desde cedo e eram os irmãos mais novos as suas cobaias. A experiência de “laboratório” compensou e há 12 anos que decidiu investir neste hobby. Agora com 52 anos, exerce duas atividades ao longo do dia: de manhã é técnica administrativa e durante a noite é confeiteira.

“A minha filha ia fazer 18 anos e queria um bolo muito particular, mas não consegui encontrar ninguém que o fizesse. Acabei por recorrer a uma pastelaria, mas o resultado não ficou exatamente como queria”, explica à New in Coimbra. A partir desse dia, foi à procura de formações e especializações, em Lisboa e no Porto. Começou por vender apenas para amigos e família e há cerca de dois anos passou a aceitar encomendas para fora.

“O passa a palavra tem muita força, principalmente em ambientes de mercados artesanais”, salienta. E foi isso que impulsionou o negócio de Helena. O projeto costuma marcar presença no mercado de Natal em Miranda do Corvo e, no passado fim de semana, estreou-se no Coimbra Hype Market.

Trabalhar com chocolate consegue ser bastante desafiante, apesar do processo parecer simples. Para criar as cascas dos ovos de chocolate, é preciso temperá-lo e colocá-lo no molde até solidificar. Depois, basta retirar dos moldes e colocar os seus recheios favoritos.

Para esta Páscoa, Helena tem duas opções de ovos de comer à colher. Pode escolher entre uma caixa de degustação, composta por seis ovos de 50 gramas cada um (18€) ou um ovo individual de 150 gramas (15€). Há imensos sabores para provar: maracujá, caramelo salgado, Oreo, chocolate negro com Nutella, Ferrero Rocher, chocolate branco e frutos vermelhos.

Se não for grande fã de chocolate, pode experimentar as diferentes opções de brigadeiros como, por exemplo, o Romeu e Julieta, com queijo e goiabada, caramelo salgado, crème brûlée, Oreo, maracujá, churro e chocolate negro com Nutella. Uma caixa com seis brigadeiros custa 9€, uma caixa com nove são 14€ e 12 brigadeiros são 18€.

Caso prefira bolos, também pode encomendar. “Neste registo, os clientes explicam o que querem e tento recriar o máximo possível”, acrescenta. Alguns dos sabores disponíveis são limão merengada, chocolate e frutos vermelhos, clementina com sementes de papoila e pistachio e framboesa. Os preços começam nos 50€. Para qualquer um dos produtos, as encomendas são feitas através do contacto (917 443 333) ou pelas redes sociais.

Se ainda estiver indeciso, basta carregar na galeria para descobrir todas as opções que poderá ter na mesa nesta Páscoa.

MAIS HISTÓRIAS DE COIMBRA

AGENDA