comida

Já pode experimentar bolo do caco e as lapas madeirenses sem sair de Coimbra

O Festival Gastronómico Madeira decorre até domingo, 7 de julho, com espaços de convívio e degustação.
A entrada é livre.

É oficial: já não precisa de apanhar o avião até à Madeira para experimentar o melhor que a gastronomia da ilha tem para oferecer. Desde o dia 3 de julho, que os pratos típicos madeirenses invadiram o Parque Manuel Braga, no Festival Gastronómico Madeira, que se estende até domingo, 7 de julho. A entrada é livre. 

A pérola do Atlântico vai marcar presença junto ao rio Mondego, com as famosas lapas, milho frito, passando pelo bolo do caco com manteiga d’alho e a espetada em pau de loureiro. O principal objetivo do evento é marcar a “forte ligação” da cidade com o arquipélago da Madeira, uma vez que recebe muitos estudantes da ilha. 

Este ano, o festival mudou-se do Terreiro da Erva para o Parque Manuel Braga por razões logísticas, uma vez que foi possível aproveitarem as estruturas montadas junto ao rio, salienta o responsável pela iniciativa, João Francisco Campos.

Um dos mentores do projeto é o madeirense, Henrique Rosa Gomes, que acredita que os visitantes vão ficar rendidos à gastronomia do Atlântico. O evento também conta com um restaurante reservado para degustação, disponível mediante reserva, com seis espaços dedicados a produtos diferentes.

O recinto vai estar aberto entre o meio-dia e as 23 horas com uma área de acesso livre e ainda um restaurante pronto para degustação. Há três turnos de refeições consoante marcações, que podem ser feitas através do telemóvel (961 958 518). O menu tem um custo de 20€ por pessoa. 

MAIS HISTÓRIAS DE COIMBRA

AGENDA