Powered by CIM|RC

comida

Estes são os 5 melhores cozidos à portuguesa do distrito de Coimbra

As propostas são variadas, desde restaurantes a tabernas e com preços para todos os bolsos, para aproveitar o Domingo Gordo.
Conheça as propostas.

O Carnaval está mesmo a chegar e traz consigo o chamado Domingo Gordo. Este ano, a data assinala-se a 11 de fevereiro, uma vez que se trata do domingo antes da celebração do Carnaval. Conforme a tradição, este é o último dia em que se pode comer carne, uma vez que começa o período da Quaresma até à Páscoa.

Os pratos mais populares, nesta altura, são as papas de sarrabulho, feijoada e o cozido à portuguesa. Esta é uma proposta tipicamente portuguesa, geralmente servida numa grande travessa com variedade de carnes, enchidos e legumes — e faz parte do menu de grande parte dos restaurantes tradicionais.

O cozido foi mais uma das receitas que nasceu da necessidade de economizar e fazer render os alimentos nas famílias numerosas. Nasceu no século XVII, quando alguém decidiu juntar as sobras de carnes menos nobres, colocando tudo numa panela a ferver para apurar sabor. No entanto, também há quem acredite que surgiu por uma adaptação de um prato espanhol. Seja qual for a versão correta, a verdade é que faz parte da cultura portuguesa e não pode faltar à mesa.

Mesmo que a tradição já não seja seguida à risca, não se pode recusar um belo cozido à portuguesa. A pensar nisso, a New in Coimbra preparou um roteiro gastronómico com alguns dos restaurantes especializados neste prato, na região de Coimbra.

A primeira opção é a Burguezia do Leitão, na Mealhada. Apesar do leitão ser a estrela principal dos pratos, o menu empresarial tem disponível o cozido com todos os ingredientes tradicionais, pelo valor de 9,75€. É tudo confecionado pelo chef Duarte Nuno Godinho, que promete elevar a “comida tradicional portuguesa em qualidade e sofisticação”. Se prefere um ambiente acolhedor e familiar, o Churrasquinho é a opção ideal no centro da cidade, por 9€.

No âmbito da comida tradicional em Coimbra, também temos o restaurante D. Duarte II, que aposta “tanto na cozinha regional como na tradicional portuguesa”. Sempre com ingredientes frescos que “irão agradar a todos”, principalmente a especialidade do cozido à portuguesa. Cada dose dá para duas pessoas e custa 18€. Além disso, pode ainda comer posta de carne à mirandesa e cabrito assado à padeiro.

Para ficar a ver estrelas, pode também optar pelo restaurante Observatório, que aposta nesse prato aos domingos, através de reserva pelo número (962 868 220). A última sugestão vai para a taberna Casa Costa, que é especialista neste prato tão requisitado por 15,50€. Apesar disso, também poderá pedir bacalhau com grão, cabrito assado e chanfana, por exemplo.

Carregue na galeria para conhecer os restaurantes onde o cozido à portuguesa é a especialidade da casa.

MAIS HISTÓRIAS DE COIMBRA

AGENDA