comida

15 gelados que pode preparar em menos de 5 minutos. Os miúdos vão adorar

As receitas caseiras são sempre uma boa alternativa para quando apetece comer um doce — e ficam (bem) mais em conta.
Os miúdos vão adorar.

Existem várias histórias e lendas sobre a origem dos gelados. A versão mais comum é a de que nasceu na China, com a mistura de neve e polpa de fruta. O mesmo método chegaria a Itália e seria partilhado em 1550, quando um médico espanhol que vivia em Roma, Blasius Villafranca, descobriu que era muito mais fácil congelar um alimento quando se juntava nitrato de potássio à neve.

A palavra gelado surgiria depois, em 1565, com a família Nobil de Medici de Firenze, em Florença. Nessa região italiana, o mesmo método era utilizado e os gelados tiveram, pela primeira vez na Europa, uma produção em larga escala.

O que é certo é que atualmente não há quem consiga ignorar os gelados dos supermercados, cafés e restaurantes nos meses de calor. Aliás, se há dupla mais poderosa do que a formada por esta sobremesa e verão, desconhecemos.

As propostas que encontramos nos cartazes das marcas mais populares têm apenas três problemas: o preço, as calorias e o facto de estarem sempre longe quando a gula aperta.

Em alternativa pode sempre é fazer gelados caseiros com os seus ingredientes favoritos e até criar receitas originais. A maioria precisa de poucos ingredientes, menos açúcar e ficam prontos a comer em poucos minutos. Caso prefira consumir proteína, pode também juntá-la.

Se tiver miúdos em casa, convide-os para ajudar na preparação. Vão certamente gostar da atividade — e ainda mais de provar o resultado no final.

Carregue na galeria para conhecer 15 receitas de gelados com diferentes sabores que pode experimentar este verão.

MAIS HISTÓRIAS DE COIMBRA

AGENDA